O Futuro do escritório de advocacia, hoje.

Há 83 anos o Urbano Vitalino procura inovar estando sempre à frente de seu tempo.



01 - Sobre o Urbano

Um escritório com experiência em serviços jurídicos, formado por uma equipe multidiciplinar especializada na advocacia empresarial.

83 anos


+ de 700 profissionais

Com 83 anos de experiência, o Urbano Vitalino Advogados tem como marca sua vasta tradição jurídica. Hoje, o escritório possui uma equipe com mais de 700 profissionais especialistas em apontar as melhores soluções jurídicas para cada cliente.

GPTW 2019
Chambers
& Partners
Leaders League
Análise Advocacia

Conhecido nacional e internacionalmente através de publicações especializadas, está preparado para atuar em todas as áreas do direito empresarial, nas 5 regiões do país. Além disso, possui uma unidade própria em Angola e parcerias nos Estados Unidos, América Latina e Europa.

O Urbano Vitalino Advogados é reconhecido pelo Great Place To Work como uma das melhores empresas para se trabalhar e integra o catálogo inglês Chambers & Partners, estando entre os melhores escritórios da América Latina. É hoje uma das 10 maiores e mais admiradas bancas do país, de acordo com a Análise Advocacia 500. Também está presente no ranking da Leaders League.

02 - Áreas de atuação

03 - Blog

Empresas contestam multa de 50% por compensação indevida

Grandes Empresas estão sendo autuadas pela Receita Federal, que vem cobrando multa de 50% sobre valor de tributo não pago, aplicada por compensação de créditos indeferida, antes de encerrado o processo de defesa administrativo, desrespeitando o devido processo legal. A cobrança tem ocorrido, inicialmente, com o envio de carta de cobrança do tributo devido, além […]

Leia mais
Judiciário autoriza penhora de até 30% do salário de devedor

O Superior Tribunal de Justiça, relativizando a impenhorabilidade do salário, autorizou penhora dos vencimentos do devedor até o limite de 30%, ponderando sobre a dignidade da pessoa humana e a efetividade do pagamento da dívida. O Desembargador Diaulas Costa Ribeiro, que apresentou o voto vencedor, destacou que a  regra geral da impenhorabilidade de salários pode […]

Leia mais

04 - Equipe

05 - Contato